JURA EM PROSA E VERSO

HISTÓRIAS DAS CIDADES BRASILEIRAS

HISTÓRIA DA CIDADE DE MACEIÓ/AL


A cidade de Maceió localiza-se entre a Lagoa Mundaú e o Oceano Atlântico. Ocupa o terraço, feito pelo mar, na extremidade do tabuleiro que limita, ao Norte, a calha do antigo estuário do Rio Mundaú, e continua sobre uma língua de terra, que se junta a esse terraço e se afina para o Sudoeste, terminando no Pontal da Barra. Essa língua de terra, ou restinga, fechou o estuário, formando uma lagoa, e desviou a foz do rio para o Pontal. A cidade desenvolveu-se sobre essa formação alongada, merecendo, por parte de muitos estudiosos a denominação de “Cidade-Restinga”.
 
O tabuleiro, em cuja base a cidade iniciou, foi sendo povoado, surgindo a parte alta da cidade, sobre a área da Jacutinga, onde hoje é o bairro do Farol - assim denominado em função do farol instalado na parte alta da antiga Ladeira da Catedral, hoje Rua Dr. Osvaldo Sarmento. Hoje, o farol se encontra instalado no alto do Jacintinho.
  

(
Foto "PAJUÇARA" , vencedora na II Jornada Turística promovida pela EMTURMA em 1997 "Você escolhe o Cartão Postal de Maceió". Autor: José Ademir M. dos Anjos)
 
Maceió apresenta, portanto, três planos distintos: o primeiro, a baixada litorânea, com altitude variando entre 2 e 4 metros; o segundo, o terraço cortado na base do tabuleiro, com altitude variando entre 8 e 10 metros acima do nível do mar; o terceiro, o tabuleiro - o antigo planalto da Jacutinga - onde encontramos os bairros do Farol, Gruta, Pitanguinha, Pinheiros e Tabuleiro do Martins, variando de 40 a 50 metros de elevação em relação ao nível do mar.
 

Além de ser uma cidade-porto, a localização de Maceió na metade do litoral do Estado de Alagoas, a torna ponto de convergência de estradas e o mais importante centro comercial do Estado.
O estado de Alagoas está situado na região nordeste, onde ocupa o 8° e o 19° entre os estados brasileiros em superfície. Com um total de 27.731Km², esta área corresponde a 0,33% do território nacional é de 2,87% da região Nordeste. Alagoas é conhecida como "Terra dos Marechais", devido aos dois primeiros presidentes do Brasil serem alagoanos: Marechal Deodoro da Fonseca e Marechal Floriano Peixoto.

Alagoas possui uma população de mais de 2.900.000 habitantes. Maceió tem uma população de 900.000 habitantes e possui a quarta maior densidade demográfica do Brasil apenas atrás do Distrito Federal, São Paulo, e Rio de Janeiro. Maceió é a principal cidade de Alagoas e exerce influência sobre todo o estado de Alagoas e norte de Sergipe. Maceió é o centro industrial, comercial e de prestação de serviços
 
No agreste destaca-se Arapiraca a segunda maior cidade do estado e maior centro produtor de fumo de Alagoas. Palmeira dos Indios é outra cidade importante do estado, além de entrocamento rodoviário, é um importante centro industrial e comercial abastece com produtos agricolas as zonas sertanejas de Alagoas e de Pernambuco. Penedo as margens do Rio São Francisco é a principal região pesqueira do estado e destaca-se no comércio e no turismo. A denominação de Alagoas vem do Tupi, e seus principais alagoanos ilustres:

MACEIÓ - Orgulho de ser a primeira cidade brasileira eleita CAPITAL AMERICANA DA CULTURA
 
A cidade de Maceió foi escolhida por um júri internacional como a Capital Americana da Cultura de 2002 entre dez finalistas. Capital do Estado de Alagoas, no nordeste do Brasil, Maceió é conhecida por suas belezas naturais. A orla marítima é toda enfeitada por coqueiros o que torna a paisagem ainda mais deslumbrante.
 
Destacam-se, também, as belezas naturais de suas praias urbanas, o patrimônio histórico da cidade, seu conjunto arquitetônico e sua infra-estrutura turística. Além de cidade-porto, Maceió é o ponto de convergência de estradas e o centro comercial mais importante do Estado.
 
Folguedos. Orgulho do nosso povo.
 

Maceió tem como característica uma cultura marcante. O artesanato - com destaques para os trabalhos com renda, palha, couro, madeira e cerâmica mostra o talento e a diversidade do povo local. Dentre as manifestações folclóricas, os folguedos: guerreiro, marujada, reisado, coco alagoano, dança de São Gonçalo e os toréis são os que mais se destacam. Folguedos são festas populares de caráter lúdico que se realizam anualmente, em datas determinadas.
 
Alagoas é o estado brasileiro com maior número de folguedos, somando mais de vinte.Os folguedos são formas de comemorar as festas populares, através de dramatizações e danças coletivas.Pela origem do povo alagoano, os folguedos têm suas raízes nas culturas européia, africana e indígena. Eles podem ter motivações tanto religiosas como podem também contar fatos históricos, que tenham marcado a vida e a memória do povo.
 
São registros vivos da história conhecidos por sua alegria. Parte de um folclore rico, cheio de lendas, fatos e personagens da imaginação. A beleza exuberante das manifestações folclóricas de Maceió impressiona e mostra porque os folguedos são muito importantes na formação cultural da cidade de Maceió.Vale a pena entrar na dança, participar da brincadeira e conhecer um dos mais belos focos das tradições populares no Brasil.
 
ESCRITOR Graciliano Ramos
Nasceu em Quebrangulo em 27 de Outrubro de 1892, um dos principais escritores brasileiros de sua época. Considerado o melhor escritor da 2a. geração modernista. Começou seus estudos numa escola na cidade de Viçosa, suas pricipais obras literárias são: Angústia em 1936, Vidas Secas em 1938 - SUA OBRA PRIMA DA LITERATURA Caetés em 1925, SãoBernardo em 1932 morreu em 25 de Março de 1953, no Rio de Janeiro.

 
DICIONARISTA Aurélio Buarque de Holanda

Formado em direito, transferiu-se para o Rio de Janeiro, fez parte da academia brasileira de letras. Além de contista, Buarque era dicionarista, tradutor de antologia de contos universais. Ele dá nome ao principal dicionário da lingua portuguêsa: "O DICIONÁIO AURÉLIO DA LINGUA PORTUGUESA".

ESCRITOR Jorge de Lima
Nasceu na cidade de União dos Palmares, estudou no colégio marista de Alagoas, foi poeta e escritor, suas principais obras são: O Acendedor de Lampiões. O Mundo do Menino Impossível A Mulher Obscura Essa Negra Fulô

Considerado o principe da literatura alagoana faleceu em novembro de 1953.

JURISTA Pontes de Miranda
Nasceu em maceió em 23 de Abril de 1892 e formou-se em direito. Fixando sua residencia no Rio de Janeiro, seu nome adquiriu grande prestígio nos domínios da inteligência, se formou-se em direito, onde teve uma fama que ultrapassou as fronteiras nacionais. Era consultor Jurídico de fama internacional , faleceu em 1992.

ESCRITOR Guimarães Passos
nasceu em Maceió em 22 de Março de 1869. Fez parte da Academia brasileira de letras, da qual foi um dos fundadores tinha um talento de poesia lírico espontâneo, escreveu para muitos jornais da capital Federal. É considerado um dos maiores poetas nacionais ele faleceu em Paris em 10 de setembro de 1909.

ÚNICO TETRACAMPEÃO DO PLANETA Mário Jorge "Lobo" Zagallo
Nasceu na cidade de Maceió, ainda criança foi morar na cidade de Rio de Janeiro, onde tem casa até hoje, conseguiu vários títulos como jogador de futebol, e como técnico é o único ser na face da Terra que é tetra campeão do Mundo, 1958 e 1962 como jogador, 1970 como técnico e 1994 como supervisor técnico, esse feito não foi nem superado pelo rei do futebol Pelé.