JURA EM PROSA E VERSO
 
HISTÓRIAS DAS CIDADES BRASILEIRAS
 

HISTÓRIA DA CIDADE DE ITABERABA/BA

Nota: Para outros significados de Itaberaba, ver Itaberaba (desambiguação).
Município de Itaberaba
[[Imagem:|250px|none|]]
"Portal da Chapada"
Brasão desconhecido Bandeira desconhecida
Hino
Aniversário  
Fundação 26 de março de 1877
Gentílico itaberabense
Lema  
Prefeito(a) Washington Luiz Deusdedith Neves
no cargo até 2008
Localização
12° 31' 40" S 40° 18' 25" O
Estado Bahia
Mesorregião Centro-Norte Baiano
Microrregião Itaberaba
Região metropolitana  
Municípios limítrofes Boa Vista do Tupim, Iaçú, Ipirá e Ruy Barbosa
Distância até a capital 276 quilômetros
Características geográficas
Área 2.357,185 km²
População 62.736 hab. est. 2006
Densidade 26,6 hab./km²
Altitude 265 metros
Clima Semi-árido
Fuso horário UTC -3
Indicadores
IDH 0,638 PNUD/2000
PIB R$ 133.380.258,00 IBGE/2003
PIB per capita R$ 2.186,78 IBGE/2003

Itaberaba é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2004 era de 70.611 habitantes.

A região que hoje a cidade de Itaberaba ocupa já foi habitada pelos índios Maracás, da raça dos Tapuias. Eram índios robustos e guerreiros, mas não eram antropófagos.

Em 1561 D. Vasco Rodrigues adentrou o rio Paraguassú em 70 léguas. Mais tarde, passou por ali Gabriel Soares de Sousa.

Em 1768, foi fundada a fazendo São Simão pelo Capitão Manuel Rodrigues Cajado. Cidade de médio porte para as características de cidades da Bahia. Fica localizada na entrada da Chapada Diamantina já apresentando algumas características da região em sua vegetação. Tem um comércio forte. Como toda cidade do sertão baiano faz muito calor, inclusive à noite, tendo vida noturna agitada. Os meses de junho, julho e agosto são sempre frios no período noturno.

É considerada como principal centro regional pois influencia uma região muito grande. Fica relativamente perto de Lençois, Seabra e de toda a Chapada Diamantina. Tem escolas regulares, uma universidade pública (UNEB), com múltiplos cursos e uma Universidade particular.

Atualmente a cidade está sofrendo grandemente devido a corrupção política. Seu prefeito,Washington Neves, médico e sociopata, foragido da polícia têm participado de um esquema de fraudes, corrupções sem precedentes. Denúncias que envolvem Médicos, Justiça e Legislativo não são raras. O estado é de calamidade, e poucos se dão conta ou simplesmente fazem ouvidos surdos a população carente da localidade.